Grandes navegações

Há alguns anos atrás um – futuro – grande homem construiu um barquinho. Cuidou de escolher e selecionar pessoalmente as melhores peças disponíveis no mercado para sua construção tão grandiosa.

Com tempo, paciência, determinação e conhecimento, foi aperfeiçoando-se até transformar seu barquinho em um grande navio. Após todas as metamorfoses sofridas, seu barco não precisava mais de um comandante e começou a navegar com seus próprios lemes.

Viagens e mais viagens eram feitas, cargas e mais cargas eram trazidas e levadas. Muitas ficavam pra trás e outras ficavam entranhadas, como se já fizessem parte dele.

Esse belíssimo navio precisou que o descarregamento de tais cargas entranhadas fosse feito, pra que assim pudesse voltar a sua rotina normal de viagens e carregamentos. Então, ele foi feito. A carga foi retirada pelo desembarca(dor). Era somente esse tipo de carga que trazia prejuízos a ele próprio, o impedindo de seguir sua viagem perfeito e intacto, como deveria ser.Um navio salvo pelo desembarcador. Desembarque a sua dor. Você é o navio! Vá navegar pelo mar da vida sem pesos, sem dores. Vá!
(Isadora Bersot)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s