Achados e perdidos

Passo várias horas do meu dia pensando e maquinando um jeito de expor com palavras algum desses pensamentos. Nem sempre (na verdade, quase nunca) elas são suficientes.

Andei pensativa, confusa, querendo fazer mil e uma coisas e mesmo assim, não fazendo nenhuma. A consciência faz planos que o meu próprio corpo e cérebro não conseguem cumprir.

Enquanto eu ficava aqui, perdida em meu próprio eu, nesse mar de pensamentos e emoções, alguém me chamava lá fora querendo me encontrar.

Saí de dentro do meu mundinho e vi um sol brilhando e sorrindo pra mim, dizendo: Vem! E, dessa vez,  eu fui.

(Isadora Bersot)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s