Consumir

Vivemos em um mundo consumista. Consumo de bens, de dinheiro e consumo do próprio ser humano. Pessoas tentam consumir outras. Consome-se inclusive o meio ambiente.  Mas existem outras tantas coisas que nos consomem e ninguém fala nada…

Trabalho consome tempo. Doença consome saúde. Carro consome gasolina. Pensamento consome coração. Compras consomem dinheiro. Mágoa consome corpo. Medo consome espírito. Mas sentimento… Ah o sentimento… Dependendo dele, não só consome tudo como autodestrói. Saudade também consome – e muito. Consome-se tentando não se autodestruir. O soro produzido é o mesmo veneno que mata. O tiro sai pela culatra, e enquanto tenta se salvar, morre.

Então que tal deixar o coração consumir o amor? Isso!  Coração consome amor e dá vida. Acabou o problema que me consumia também. Fim pra morte interior, fim pros (res)sentimentos ruins, fim pra tudo aquilo que faz mal. Vamos viver o/do amor e vamos deixar que ele nos consuma.

(Isadora Bersot)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s